Sergio's Printed Words

WebLog Experience – notes about Digital World

Archive for maio 2010

Brasil, meu Brasil brasileiro…

leave a comment »

Ignorando o pleonasmo desta frase – tão incensada na canção – podemos afirmar que ela representa perfeitamente o que se pode esperar de nossa combalida, maltratada e previsível nação. E nesse saco eu coloco tudo: governantes e governados.

Ainda ontem, eu, mais uma vez estarrecido com a capacidade de nossos congressistas em inventar, publiquei o twitt acima.
Alguns tripudiaram, o @mateusrodrigues até comentou:  
"A seguir: lei obrigando escolas a terem professores"
E hoje dando uma olhadinha na edição digital da Folha de São Paulo olha só o que tá na 1ª página da edição de hoje (s6 de maio de 2010):

"SP abandona exigência para contratar professor.

Nova norma exime docente de avaliação da rede de ensino do governo estadual

A Secretaria da Educação do Estado de SP autorizou a contratação de professores que não tenham prestado exame de seleção, contrariando resolução anterior (…) "

No prazo de 48 horas este país abençoado por Deus e bonito por natureza, aprova federativamente uma Lei para tratar do óbvio educacional para o dicente, e obviamente (em se tratando de Brasil) rasga estadualmente uma resolução, embananando o profissional para o docente.

Como diz o @crisdias: avapapu!

Posted via email from Impressões Digitais

Written by sergiovds

maio 26, 2010 at 22:02

Publicado em Uncategorized

Porra Folha!!!

leave a comment »

´Tá certo que não gosto da Folha de São Paulo, os Frias nunca foram lá "grandes coisa" no jornalismo provinciano, quiçá no nacional, muito pelo contrário. 

Alguns de seus articulistas et cartunistas são os responsáveis por eu "peruar" aqui e acolá o jornal alheio muito de vez em quando. E "peruar, muito de vez em quando" exprime corretamente minha atitude para com tal periódico, pois creio ter comprado o último exemplar da FSP há uns 5 ou 6 anos. 
Além de meu pequeno nariz torcido para o viés "jornalístico" da Folha, com minha proficiência nas lides internéticas jornal chumbado e celulósico foi por mim abandonado há alguns anos… Com meu kindle então, vixe! No paper, no paper!!!
Com a campanha publicitária iniciada há uma semana batendo na tecla sobre o "o jornal do futuro feito pela Folha" juro que pensei: "Olha aí, após o Globo e um monte de jornais do RS e SC, teremos um jornal de São Paulo no formato Kindle / iPad". 
Fui todo serelepe ao jornaleiro aqui em frente de casa hoje de manhã e comprei a Nova Folha. Ao ler os cadernos perdido em meio a trocentas páginas de reclames, constatei: cometi um ledo engano… 
A FSP, no físico, deu uma mexidinha aqui nas fontes, outra alí no laioute, trocou nominho do "caderno", dispensou os articulistas caros e contratou alguns outros bem baratinhos, elegeu a Fernanda Torres (atriz) como articulista e garota (?) propaganda, sem contar que perdendo o Glauco, contratou um garoto de 14 anos como cartunista (tudo bem o garoto pode ser bom pra caramba – reconheço, não conheço o trabalho – mas porra Folha, não precisa anunciar deste jeito né, colocando-o ao mesmo nível de Angeli, Laerte, Iturrusgarai, Gonsales…); no digital, apenas disse que agora(?) ele tá integrado ao jornalismo (!!) de uma mesma redatoria… aimeusbago!!
Entonces, enquanto as empresas jornalísticas de bom senso  se preparam para serem agente de notícias para distribuição E interação digital a Folha de São Paulo da Família Frias se apresenta com um jornalão feito em linotipos.

Posted via email from Impressões Digitais

Written by sergiovds

maio 23, 2010 at 21:50

Publicado em Uncategorized

Caso

with 2 comments

Caso (9 outubro 79)

Na limitação extrema de nossos verbos. Nossas

vozes. Silêncio

Na ebulição incontida de ambos temores

Sublimados. Vagos

Largados, noturnos. Lendo títulos de

primeiras páginas. Cegos

Ressonando suados entre um cigarro

e mais um. Outros

Uma síndrome moral no pão da manhã

Grita o sol enjaulado. Luz

Branca claridade calada. Nossos corpos. Nossos

copos. Caídos. Vazados

Um script terrorista de fim de tarde

Palavras oficiais. Normais

Vomitamos alcoolizados nossa renúncias

Novas, imediatas. Amargas

Devoramos nossa volúpia de bocas lambuzadas

De gordura pura. Ócio

Do feitio. Dos retalhos  de nossas inibições

Limitações e irritações. Imitadas

Quanta vontade muda. Imunda

vocação. Herege. Errática

Quanta trama desmembrada.

Alquebrada. Vício

Na fumaça, entre a boca e o mundo.

Sujo. Final…

Foto: Time Magazine cover Oct 79 – Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de S. Bernardo do Campo troca impressões com o suplente do Senador Franco Montoro… a reportagem do JB da o tom do mês de outubro de 1979

Posted via email from Anotações Nada Notáveis

Written by sergiovds

maio 21, 2010 at 20:50

Publicado em Uncategorized

Caso

leave a comment »

Timeisthe_same

Caso (9 outubro 79)

Na limita????o extrema de nossos verbos. Nossas

vozes. Sil??ncio

Na ebuli????o incontida de ambos temores

Sublimados. Vagos

Largados, noturnos. Lendo t??tulos de

primeiras p??ginas. Cegos

Ressonando suados entre um cigarro

e mais um. Outros

Uma s??ndrome moral no p??o da manh??

Grita o sol enjaulado. Luz

Branca claridade calada. Nossos corpos. Nossos

copos. Ca??dos. Vazados

Um script terrorista de fim de tarde

Palavras oficiais. Normais

Vomitamos alcoolizados nossa ren??ncias

Novas, imediatas. Amargas

Devoramos nossa vol??pia de bocas lambuzadas

De gordura pura. ??cio

Do feitio. Dos retalhos?? de nossas inibi????es

Limita????es e irrita????es. Imitadas

Quanta vontade muda. Imunda

voca????o. Herege. Err??tica

Quanta trama desmembrada.

Alquebrada. V??cio

Na fuma??a, entre a boca e o mundo.

Sujo. Final…

Foto: Time Magazine cover Oct 79 – Presidente do Sindicato dos Metal??rgicos de S. Bernardo do Campo troca impress??es com o suplente do Senador Franco Montoro… a reportagem do JB da o tom do m??s de outubro de 1979

Written by sergiovds

maio 21, 2010 at 20:50

Publicado em Uncategorized

Estou um pouco velho pra isso…

leave a comment »

Ontem, dentre tantos emails, recebo o seguinte recadinho do provedor do meu podcast (para quem não sabe Impressões Digitais):

A hacker backdoor shell known to be associated with recent hacks on user accounts that are then used to launch SEO spam and malware distribution was found on your user, listed below:
xxxxxxx
This means that your user's password has likely been compromised. Your user's password has been changed to a random string to prevent the intruder from logging back in. Please do NOT change the password back to what it was previously! Going forward we need you to:

1) Ensure that you (and all of your users) have active and up-to-date virus/malware screening on all computers they use to connect to us. Infected computers are often how strong passwords are stolen.

2) Pick a new password for this user via our control panel under "Users" -> "Manage Users" -> "Edit". Your new password should not bear any similarity to the old one, should not be one you've used with any other online service, and should not contain any guessable components.

3) Discontinue use of regular FTP if you use it — it sends passwords over the internet in plaintext. Use SFTP or SSH which encrypt passwords. On the same page you change your password in the control panel ("Users" -> "Manage Users" -> "Edit") you can select "SFTP Account" or "Shell Account" and then click the "Disallow FTP?" checkbox just below those options. 

4) Look for any files that may have been placed or modified by the intruder and remove them or remove the modified portion. 
It's a good idea to examine anything that has been modified more recently than you have updated your website for good measure.
a) SEO spam attacks that we have seen associated with this hacker shell typically leave behind a randomly named .php file and a subfolder named '.files' under the main folder of a domain. The .files folder may contain html pages named after popular SEO terms.
b) more rarely SEO redirect via obfusciated code that is added to site files
code example:
<?php /**/ eval(base64_decode("aWYoZn… 

A quick clean up for sites that have been modified with this string can be done via the SSH command line :
./ -name "*.php" -type f | 
xargs sed -i 's#<?php /**/ eval(base64_decode("aWY.*?>##
g' 2>&1
./ -name "*.php" -type f | 
xargs sed -i '/./,Illegal seekd' 2>&1

5) Make sure that any pre-packaged web software (blogs, galleries, carts, CMS scripts, etc.) are up-to-date with the most recent versions available from the vendor, as these often contain security patches against known vulnerabilities. While this was not the intrusion method for this hack, this is an important security measure for keeping yourself secure in the future.

Desde 2005 nunca tive problema algum com a hospedagem, e não é que agora vou ter que me virar como garoto de 20 anos para ficar depurando arquivo php infectado?
Ainda bem que há – aparentemente – uma solução (se você estiver com o mesmo problema clica aqui).
Preciso, agora, ¨cavar¨ umas horas na minha agenda já um tanto sufocada para espanar código de baixo nível e malicioso nos arquivos php do wordpress e seus plug-ins.
Enquanto eu não terminar de fazer isso o RSS do podcast não irá funcionar… desculpa aí. Foi maus… 

Posted via email from Impressões Digitais

Written by sergiovds

maio 18, 2010 at 04:10

Publicado em Uncategorized

Cativo

leave a comment »

Cativo (8 junho 1975)

Noite fria e enregelada
meus dentes rangem, e 
nada
tenho em mente
a não ser os amigos.

Tudo aquilo que deixei p´ra trás
No curto início de vida em que tive
tudo (ou nada?) em mim,
de outros e tolos com quem estive.
Razão nenhuma de ficar, de ir ou vir
eu tenho,
apenas acontecer e observar.

Como sempre, na escuridão,
tudo e nada se misturam
e correndo p´ra algum lugar
com meus meninos na rua
busco o ficar, o criar, o lutar.
Encontro então, minha vida
numa não esperada morte,
na personificação de minhas antigas
(nem tanto) sombras
Em parar, falar, calar e ouvir
Vivo e cativo meu ser escravo.

Nota: Nampula, norte de Moçambique. Quarta-feira, 25 de Junho de 1975. Milhares de pessoas reunem-se no campo de futebol da cidade para ouvir pela primeira vez os dirigentes da Frelimo. É o primeiro dia de independência. Todos escutam com atenção as palavras dos novos governantes. O discurso é novo, a forma de falar especial e a política sempre presente. Os últimos militares do exército português tinham abandonado a região norte, poucos dias antes. 

Posted via email from Anotações Nada Notáveis

Written by sergiovds

maio 16, 2010 at 02:56

Publicado em Uncategorized

Cativo

leave a comment »

Nampula_comicio_25_junho_1975_

??

Cativo??(8 junho 1975)

Noite fria e enregelada
meus dentes rangem, e??
nada
tenho em mente
a n??o ser os amigos.

Tudo aquilo que deixei p??ra tr??s
No curto in??cio de vida em que tive
tudo (ou nada?) em mim,
de outros e tolos com quem estive.
Raz??o nenhuma de ficar, de ir ou vir
eu tenho,
apenas acontecer e observar.

Como sempre, na escurid??o,
tudo e nada se misturam
e correndo p??ra algum lugar
com meus meninos na rua
busco o ficar, o criar, o lutar.
Encontro ent??o, minha vida
numa n??o esperada morte,
na personifica????o de minhas antigas
(nem tanto) sombras
Em parar, falar, calar e ouvir
Vivo e cativo meu ser escravo.

Foto:??Nampula, norte de Mo??ambique. Quarta-feira, 25 de Junho de 1975. Milhares de pessoas reunem-se no campo de futebol da cidade para ouvir pela primeira vez os dirigentes da Frelimo. ?? o primeiro dia de independ??ncia. Todos escutam com aten????o as palavras dos novos governantes. O discurso ?? novo, a forma de falar especial e a pol??tica sempre presente. Os ??ltimos militares do ex??rcito portugu??s tinham abandonado a regi??o norte, poucos dias antes.??

Written by sergiovds

maio 16, 2010 at 02:56

Publicado em Uncategorized