Sergio's Printed Words

WebLog Experience – notes about Digital World

CENSURADO!

leave a comment »

censuradoCá estou eu, no escritório, com braço direito tipoiado quando o skype dá um aviso, Vito Andolini – do podcast Radio Rossopomodoro – direto da madrugada de Pequim me pede um favor:

Meu, buenas! Tu me faz um favor rapidissimo, queu te deixo em paz jah, jah :O)   (inda mias q jah ta na hora de dormir por aqui). Eh testar URL do Rosso Pomodoro. Aqui nao funciona e como eles vivem bloqueando sítios, sei lá. É o principal http://www.rossopomodoro.podcastbrasil.com O .libsyn. tá funcionando à toda. Aqui não abre de jeito maneira o .podcastbrasil.

Resumo da ópera: não é que a primeira impressão do Vito confirmou-se em verdade! Eu e outros amigos em do Brasil, da Europa e da América do Norte testamos a URL e ela está funcionando direitinho! Só lá no Império do Meio é que surge a seguinte mensagem nos navegadores:

Endereço não encontrado
O Firefox não conseguiu localizar rossopomodoro.podcastbrasil.com.
Não foi possível localizar o servidor do endereço fornecido.
Houve um engano na digitação do domínio? (exemplo: “ww.mozilla.org” em vez de “www.mozilla.org”)
Tem certeza que o domínio do endereço existe? A validade do registro pode ter vencido.
Não consegue abrir outros sites? Verifique a sua conexão de rede e as configurações de DNS.
O seu computador ou rede é protegido por um firewall ou proxy? Configurações incorretas podem interferir na navegação.

Pois é, eu quase havia esquecido o que um regime de exceção pode fazer… As ditaduras dos anos 60 e 70 do século 20 foram pródigas em violências sociológicas e culturais (isso sem contar as físicas, psicológicas e morais).

Só p’ra você ter idéia a ditadura brasileira proibiu a peça Calabar (1973) de Rui Guerra e Chico Buarque; e a ditadura grega no começo dos 60 proibiu até a letra zeta – Z – pois ela tinha algo a ver com resistência ou liberdade, não me lembro bem… O que me atiça a vontade de rever Z de Costa-Gravas (também proibido no Brasil pela ditadura, um filme de 1968 e Oscar de melhor filme estrangeiro de 1969). O que me lembro bem deste filme, pois estava presente – foi o fato dele ser aplaudido de pé por mais de 5 minutos ao final da sessão de estréia dele aqui em São Paulo muuuuuitos anos depois, em 1980 quando foi liberado pela ditadura brasileira juntamente com a peça Calabar.

A China – esse gigantão, sonho econômico do mundo capitalista – mostra toda sua mediocridade em atitudes de veto ao acesso da URL em português de um indivíduo que sozinho, repito SOZINHO, consegue colocar em risco o equilíbrio político de 1,3 bilhões de chineses!!!

Parabéns Vito, você é o cara!

E como você mesmo me disse: “o trem é bem mais feio do q pode parecer à nossa terrapapagliana vã filosofia…

Anúncios

Written by sergiovds

maio 14, 2009 às 16:50

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: